Movimento Body Positive: fuja dos estereótipos e ame quem você é

Nós, mulheres, estamos submetidas a um padrão esmagador que dita o que devemos vestir, quanto devemos pesar, quão femininas devemos ser. Isso nos induz a um sentimento devastador quando acessamos as redes sociais e percebemos que não nos encaixamos nas “normas de publicação”, mas o Movimento Body Positive surgiu para nos provar o contrário.

Body Positive: significado

O termo “Body Positive” vem da união das palavras “corpo” e “positivo”, ou seja, trata-se da intenção de lançar um olhar positivo ao seu corpo, seja ele como for. Mas, na verdade, seu significado vai muito além disso.

O Movimento Body Positive incentiva um olhar de gratidão a nós mesmas. Nos estimula a valorizarmos o melhor que temos e parar de dar tanta importância aos defeitos. Aliás, o que são “defeitos”? E quem os enxerga?

É justamente o tipo de questionamento que o Body Positive nos traz: às vezes, o que você enxerga em mim como defeito, é o que faz eu me sentir mais linda! Assim, este movimento pode se resumir na ideia de que não importa o que a sociedade diga do seu corpo, importa, sim, o que você mesma pensa sobre ele.

 

A filosofia do movimento Body Positive

Nós sabemos: não é um processo fácil passar a enxergar como belo aquilo que faz a maioria torcer o nariz. Porém, é possível que as mulheres ajudem umas às outras nessa tarefa que leva tempo, mas que vale a pena. Por isso, confira alguns pontos que norteiam o movimento Body Positive:

  1. Não se comparar às pessoas: evitar criar comparações entre você e os outros. Isso pode colocar as pessoas em caixinhas. A verdade é que ninguém pode ser igual a alguém e, vamos combinar, ter detalhes diferentes pode ser muito interessante também.
  2. Refletir sobre as próprias qualidades: todo mundo tem defeitos, mas que tal inverter a ordem e fazer uma lista com as qualidades? Procure identificar as suas características positivas e passe a valorizá-las. Isso pode fazer valer aquele ditado de que, para os outros nos acharem bonitas, temos de nos acharmos maravilhosas primeiro.
  3. Repensar amizades tóxicas: seus amigos procuram defeitos em você? Criticam suas roupas? Opinam sobre seu corpo e te fazem pensar que há algo de errado contigo? Provavelmente, há algo de errado com suas amizades, isso sim! Mantenha por perto as pessoas que te incentivam a ser como você quiser. Além de dar um up na autoestima, será mais fácil identificar suas qualidades com pessoas positivas por perto.
  4. Dizer não ao discurso de ódio: contra os outros e contra você mesma! Para começar a enxergar sua beleza, tente enxergar a beleza dos outros também. Você vai notar como qualquer pessoa pode ter algo de bom para oferecer e que pode haver beleza em tudo!

Colocando essas dicas em prática, você estará próxima de aderir ao Body Positive e, com certeza, isso trará somente benefícios.

 

Fonte: Dicas de Mulher

 

 

Sem Respostas para "Movimento Body Positive: fuja dos estereótipos e ame quem você é"


    Tem algo a dizer?

    Algum html é OK