10 destinos pouco explorados para visitar nestas férias antes que virem modinha

Lugares movimentados e bem conhecidos são interessantes, sem dúvida. No entanto muitos turistas reclamam que certas cidades famosas ficam tão cheias  ao ponto de ser difícil caminhar por algumas vias e acham péssimo ter que passar horas na fila para conhecer um monumento famoso, que no final das contas pode não ser tão espetacular assim.

Não tem outra: regiões que estão “na moda” enchem bastante e em muitas ocasiões são superestimadas, afinal a propaganda é tão massiva que a constatação real pode ser frustrante. Para fazer com que você evite cair na armadilha de ir para um local hipervalorizado, indicamos 10 destinos muito bacanas e que ainda não são modinha para turistas.

1. Cayo Ambergris, Belize

iStock

iStock

A pequena ilha de Belize tem apenas 15 mil habitantes e é um recanto tranquilo, cosmopolita e com praias de convidativas águas de cor azul cristalino. Embora o local tenha sido elogiado pela cantora Madona, o paraíso de Belize conserva ares pacatos: além das praias não deixe de andar pelas ruas bonitinhas e muito organizadas.

2. Apúlia, Itália

iStock

iStock

Roma, Veneza, Milão… Há muitos lugares espetaculares na Itália e, nessa lista de cidades e países especiais pelo mundo, precisamos falar de Apúlia, uma região da Itália meridional banhada pelos mares Adriático e Jônico – onde o visitante poderá banhar-se em excelentes praias – e com enormes áreas de planícies e montanhas.

A natureza de Apúlia é puro esplendor: lagos, salinas e a floresta selvagem Umbra são pontos que merecem ser visitados e guardados na memória( e como registros fotográficos) por longos tempos, mas incrivelmente rica também é a história desse lugar marcado por festividades e tradições. Que tal desbravar esse, ainda, pouco famoso  recanto italiano?

3. Bangladesh

iStock

iStock

Na categoria “destinos incomuns”, Bangladesh certamente se encontra entre os mais surpreendentes e memoráveis. O país, que é vizinho da Índia, apresenta um verdadeiro mosaico de cores e representatividades culturais em suas cidades.

Com MUITOS rios, o passeio pelo país asiático é constantemente feito por barcos e jangadas e mesmo que a capital Daca não apresente muitos pontos turísticos ditos tradicionais, é uma verdadeira experiência de vida passear entre as ruas movimentadas, fazer compras nos mercadinhos e conferir o dia a dia da população. As pinturas naif  estão por todos os cantos e os simpaticíssimos moradores locais hora ou outra irão pedir para tirar fotos, afinal eles adoram turistas de características físicas diferentes.

4. Busan, Coréia do Sul

iStock

iStock

A Coreia do Sul ainda é um destino pouco procurado por viajantes brasileiros, mas o país apresenta incríveis atrativos tanto para quem curte produtos eletrônicos e novidades tecnológicas, quanto para quem ama o contato com a natureza. Busan, por exemplo, é uma cidade com muitas ilhas, campos de flores e uma vida marítima riquíssima, além da excepcional infraestrutura urbana e os arranha-céus que comprovam o desenvolvimento local.

5. José Ignacio, Uruguai

iStock

iStock

Punta del Este é o mais famoso balneário do Uruguai e um dos pontos turísticos mais famosos da América do Sul. A um pouco mais de 45 quilômetros da região badalada esta José Ignacio, um lugar pacato, bucólico e com praias rochosas e selvagens.

Se você busca passar suas férias, ou mesmo uma folga curta em uma região bucólica e rústica, basta descer um pouquinho o sul do Brasil, pois há uma filial do paraíso em terras uruguaias!

6. Kep, Camboja

Brightside

Brightside

O Camboja é um desses destinos roots que agradam, sobretudo, os viajantes que desejam sair das rotas tradicionais. Entre tantas opções por lá, Kep é um município indicado para quem curte calmaria e belas paisagens. É lógico que vale a pena incluir esse roteiro “fora da caixa”nos seus planejamentos de viagem.

7. Koh Rong, Camboja

iStock

iStock

Novamente Camboja. Koh Rong é uma ilha não muito conhecida que fica na parte sul do país. Se o viajante busca escapar do concreto e do barulho das metrópoles e se isolar por um tempo em um ponto paradisíaco distante de tudo, o destino é esse: passear de barco, nadar na praia de Long Beach e pescar são algumas das atividades que você poderá apreciar por lá.

Mas é bom correr! Se não marcar a viagem logo, esse paraíso será descoberto por muitos turistas do mundo todo e poderá perder esse charme especial de destino isolado.

8. Manila, Filipinas

iStock

iStock

A capital das Filipinas é uma bagunça no bom sentido: enormes prédios próximos à casebres velhos, ruas com muito gente andando de um lado para outro, trânsito, buzina e um mar de opções de lazer, concluindo: Manila é uma metrópole com características similares a tantas outras. E é claro que há turistas que amam esse caos.

Ainda que seja tão populosa – são 12 milhões de habitantes – Manila não é tão visitada por estrangeiros, então é uma grata oportunidade de se relacionar com uma cultura autêntica. Uma dica: hospede-se no distrito de Makati, o coração financeiro da cidade, onde estão os melhores restaurantes, shoppings e há ruas arborizadas e parques.

9. Myanmar

iStock

iStock

Myanmar é um país de contrastes  sociais que passou por uma ditadura militar até 2011. Por ser um país fechado por tanto tempo, apresenta características de uma Ásia original e pouco suscetível às influências culturais do ocidente, então é comum observar homens e mulheres de trajes típicos e crianças e mulheres com o rosto pintado por uma pasta branca chamada Tanaka, que serve para proteger a pele contra os raios solares. Entre os passeios diários é válido conhecer alguns dos suntuosos templos budistas.

Embora seja um país pobre, Myanmar é seguro e a população é muito receptiva.

10. Phu Quoc, Vietnã

iStock

iStock

Com mais de 500 quilômetros quadrados, Puh Quoc é a maior ilha do Vietnã e já abrigou um presídio, onde ficavam soldados vietnamitas na guerra do Vietnã. Mas é claro que essa parte do mundo consta nessa lista por motivos mais nobres. Quais?

Florestas densas e super preservadas, praias de águas azuis e areias branquinhas, cachoeiras, sol brilhante e tudo o que você imaginar de uma natureza inspirada e convidativa. O que mais se pode querer?

Sem Respostas para "10 destinos pouco explorados para visitar nestas férias antes que virem modinha"


    Tem algo a dizer?

    Algum html é OK